terça-feira, 1 de dezembro de 2009


Queria agradecer a todos que me mandaram recadinhos sobre o casamento sobre as fotos que saíram, enfim queria agradecer o carinho de todos, mesmo aqueles que não foram convidados e foram muitos já que foi uma cerimônia simples e para a família, que tiveram comigo e com o Fabio.

Casar é uma coisa louca, vale a pena! Sendo simples, mega, ultra ... não importa. O que importa, sendo bem piegas, é o AMOR!!!
Faria tudo de novo 1000 vezes.

Vou aproveitar e me exibir um pouquinho.
Eu e minha mãe fizemos toda a comida do casório, modéstia a parte estava muito bom. Os canapés foram mais de 1500 entre
Panelinha de massa phyllo com musse de salmão
Panelinha de phyllo com musse de palmito
Damasco recheado com queijo cottage e pistache
Galetas com pasta figo e salaminho
Quadradinhos com queijo camembert e geleia de pimenta
Mini quiche de alho poro
Mini quiche de cogumelos
Mini quiches de queijo
Batatinhas com bacon
Brusqueta com pera e queijo gorgonzola.
A comida foi servida como finger food,
Taças de mini rúcula, queijo, rosbife e molho especial.
Escondidinhos de couve flor com frango e erva doce.
E o ponto alto - Polenta mole com queijo e ragu de cordeiro.
Deu o maior trabalho, um dia antes eu nem parecia uma noiva, mas valeu cada minuto. Fiquei muito feliz que todos gostaram e elogiaram.
Inicio de uma vida juntos, e de um trabalho que se DEUS quiser será um sucesso assim como o meu casamento.
A todos muito obrigada!!!
MIL beijos
Maria Antonia Russi MARTELLO

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Menos é MAIS


Minha madrinha de casamento e minha grande incentivadora da culinária, Roberta Cidade D’Mutti, dona de uma das lojas mais charmosas do moinhos a Dona Glamourosa, passa me pedindo receita do molho pesto. Como eu passo incomodando ela na loja, quando eu me lembro faço um potinho para compensar toda a minha chateação. Ela assim como a maioria das minhas amigas trabalham muito e tem pouco tempo para se dedicar ao afazeres culinários. Mas esse molho é extremamente fácil de fazer e quebra o maior galho. Além de ser muito bom, não tem quem não goste.
Pode ser servido como molho de salada, pode ser a cobertura de uma pizza, o molho de uma massa, uma molhinho para torradinhas de entradas, saltear um camarão e colocar uma colher deste molho, o Grand finale de uma sopa … É só usar a imaginação.

Dica: Deixo ele congelado sem os pinolis e uso as colheradas para temperar a comida. Também pode ser feito com salsinha, fica muito bom também.
Molho PESTOColocar no liquidificador dois maços grandes de manjericão desfolhados, dois dentes de alho, uma colher de chá de pinoli (pode ser substituído por nozes), uma colher de sobremesa vinagre branco, um bom punhado de queijo parmesão, um pouquinho de noz-moscada ralada na hora, algumas gotas de molho inglês, pimenta do reino, sal a gosto. Aperte a tecla pulse várias vezes e adicione 50 ml de azeite de oliva extra virgem colocando aos poucos em velocidade baixa até virar um creme verde e muito cheiroso.

Isso só faz valer aquela máxima em que menos é mais!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Trouxinhas


Hoje faltam exatamente 30 dias para o meu casamento. Tenho tido dores de barriga, perdido o sono e todas essas bobagem que as noivas passam. Sei que em parte é frescura, mas fazer o que? Somos mulheres e isso faz parte do nosso mundinho.

O que tem mais me tirado o sono para dizer a verdade não é o vestido, o cabelo, o noivo. Não nada disso. São os comes, todo o cardápio foi elaborado por mim e boa parte vai ser feita por mim.

Tantas coisas começando ao mesmo tempo, a minha empresa de pequenos eventos, que já começa com um grande e teoricamente o dia mais feliz da minha vida! Gente só tenho coisas para comemorar e me tirar o sono.

Vou deixar uma recitinha que pode ser feita de manha ou até mesmo uma dia antes do seu evento.

Trouxinha de linguado & chutney de coco
Ingredientes:
750g de linguado (8 pedaços) sem ossos e sem pele.
60 g de manteiga sem sal
sal e pimenta a gosto
1 limão siciliano em fatias
Chutney
1 col (chá) de sementes de cominho
um maço grande de salsinha fresca
2 dentes de alho
um pedaço de 2,5 cm de gengibre me fatias
uma pimenta verde picada sem sementes
suco de 2 limões sicilianos
250g de coco ralado
2 col (chá) de açúcar

Modo de Fazer:
Pré-aqueça o forno a 200C. Prepare o chutney: Aqueça uma frigideira, coloque o cominho e frite a seco, sem parar de mexer. Deixe esfriar e amasse no pilão, com com a parte de trás de uma colher de sopa dentro de uma xícara. Reserve um pouco da salsa para decorar, o restante passe no liquidificador com o alho, o gengibre, a pimenta e o suco de limão. Bata até formar uma pasta. Transfira par uma tigela pequena e adicione o coco, o cominho moído e o açúcar.
Corte 8 pedaços grandes de papel - alumínio. Coloque uma bolinha manteiga sobre cada pedaço. adicione 2 colheres de sopa de chutney e um pedaço de peixe temperado com sal e pimenta dos dois lados, mais duas colheres de chutney.. Feche o papel - alumínio em volta do peixe fazendo uma trouxinha bem vedada, como se fosse um embrulho de presente. Coloque em uma assadeira e leve ao forno por 10 a 15 minutos até o peixe ficar macio.

Abra as troxinhas, enfeite com a salsa reservada e sirva com rodelas de limão, como na foto.
Bom apetite.



quinta-feira, 8 de outubro de 2009



Sou uma ladra confessa de cardápios de restaurantes. Tenho vários em casa para os dias que estou sem a mínima imaginação. Vou até o meu armário onde as provas do crime ficam guardadas, dou uma folhada e PLIN!Lembro de uma viagem, de um lugar bacana que estive e gostaria de relembrar. Então faço a receita de um dos pratos. Quer maneira mais barata de viajar? Impossível.


Hoje foi um desses dias de pouca imaginação, então folhei e PLIN! Lembrei do dia que Obama Presidente dos EUA tomou posse. Eu estava em um bar em San Diego em La Jolla, tomando litros de cerveja e comendo Buffalo Wings. Ai que coisa boa, asinha de frango muito apimentada com cerveja e gente chorando. Foi um dia perfeito.



Vou então deixar pra vocês essa receita. Para vocês criarem um dia prefeito como esse que eu tive comento essas asinhas, mas aviso, só faz quem gosta de bastante pimenta, senão o dia perfeito pode virar um pesadelo.
E não esqueça litros de cerveja para acompanhar.



BUFFALO WINGS

  • 1,5 de asas de frango
  • 3 col (sopa) de manteiga derretida
  • 4 col (sopa) molho de pimenta - tipo Tabasco
  • 1 col (sopa) de páprica doce
  • 1/2 col (chá) de pimenta cayena
  • 1/2 col (chá) de pimenta do reino
  • 1/2 col (chá) de sal
Modo de fazer:


Coloque todos os ingredientes em um saco plástico, misture bem e adicione as asas de frango. Deixe marinando na geladeira por no mínimo 30 minutos.


Pré-aqueça o forno a 180C. Ponha as asinhas em uma forma de preferência que tenha uma grade para escorrer a gordura, e leve ao forno por 10 minutos de casa lado.



Molho
  • 1/2 xícara de queijo gorgonzola
  • 1/2 xícara de creme azedo - creme de leite fresco com umas gotinhas de limão
  • 1/2 xícara de de maionese
  • 1 col (sopa) de vinagre
  • Alho e Cravo a gosto
Modo de fazer:
Coloque tudo em um processador de alimentos e bata até obter um creme liso.


* Coma as Asas com esse molho para tirar um pouco a ardor da boca e sirva com aipo. O aipo é um otimo aliado contra a azia e má digestão. Acreditem

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Amigos em Casa


Quando eu morava com os meus pais adorava quando a "casa tava de banda",Bah! Como era bom ligar paras as amigas e dizer que os "coroas" tinham ido viajar, que podiam ir pra lá.
Na época aproveitava com outros intuitos, hoje que moro sozinha continuo adorando ter os amigos em casa.
Gosto de sentar no meu bar e desfrutar de toda a privacidade e conforto que só a casa minha oferece.
Nesses dias de casa cheia gosto de servir os famosos tapas. Assim fico com os amigos e aproveito o papo.

Hoje vou deixar algumas sugestões que podem ficar prontas com antecedência, muito simples de fazer e gostosas de comer.

Para beber o que você preferir uma cerveja bem gelada ou vinho ou champagne. De acordo com o gosto do cliente.


PASTA DE BERINGELA

  • 2 beringelas
  • 2 pimentões vermelhos de preferência - nunca os verdes, que são muito ácidos.
  • 4 col (sopa) de azeite de oliva extra virgem
  • suco 1/2 de limão siciliano
  • 1 col (sobremesa) Adobo - tempero seco encontrado em qualquer supermecado.
  • Manjericão, orégano frescos
  • 1 chá de páprica
  • sal e pimenta a gosto.

Corte ao meio os pimentões e retire as sementes e a parte branca com uma faquinha. Corte as beringelas ao meio. Coloque-os em uma forma com a casca virada pra baixo, regue com uma colher de azeite. Salpique o adobo, sal e pimenta a gosto. Leve ao forno a 190 graus, por mais ou menos 40 minutos.
Com o pimentão ainda quente retire a casca com uma faquinha de serra. Reserve. Com a ajuda de uma colher retire a polpa da beringela. Ponha a casca fora.
Em um processador ou liquidificador, ponha a polpa da beringela os pimentões assado e o resto dos ingredientes. Bata até ter uma pasta não muito picadinha. deixe uns pedaços.
Guarde na geladeira por até 2 meses.
Quem gosta de alho pode por para assar junto uns dois dentes e bater com os resto dos ingredientes depois. Eu sempre ponho.
Sirva com pão

*Dica: Pode também fazer uma salada de folhas verdes e misturas mais ou menos 2 colhes da pasta com mais azeite e vinagre e fazer um molho para a salada.


COGUMELOS MARINADOS.


  • 450 gr de cogumelos paris frescos
  • 2 dentes de alho finamente cortados
  • 8 col (sopa) de azeite extra virgem
  • 4 col (sopa) de vinagre balsâmico
  • suco de 1/2 limão
  • Sal e pimenta
  • 1 col(sopa) tomilho fresco


Em uma frigideira coloque duas colheres de azeite + alho+ os cogumelos cortados ao meio.
Deixe o tempo dos cogumelos sugarem o azeite e alho soltar o cheiro, + ou - 1 minuto e meio.
Desligue o fogo e adicione o suco do limão, o vinagre balsâmico, o resto do azeite, sal, pimenta e o tomilho.
Deixe esfriar e ponha em um vidro e guarde na geladeira.

Sirva com pão fresco para comer o molho que fica.

*Dica: Faça uma massa e aqueça os cogumelos e esfarele por cima queijo gorgonzola.


BATATAS COM PÁPRICA

  • 450 gr de batatas pequenas
  • 3 col (sopa) azeite de oliva
  • 3 col (sopa) de páprica doce
  • 1/4 col(sopa)pimenta cayena
  • Sal a gosto


Cozinhe as batatinha com casta em agua e sal por + ou - 10 min.
Coloque em uma forma as batatas cortadas ao meio, mistures o azeite a páprica e a pimenta .
Leve ao forno pré-aquecido por 40 minutos.

Sirva quente.



segunda-feira, 21 de setembro de 2009

TIM TIM


A mais ou menos uns 20 dias fui pedida em casamento. Não consigo descrever o minha alegria, tantas coisa que passam na minha cabeça. E para melhorar ou acrescentar mais emoção será daqui a 2 meses. Estamos tão felizes!!
Esse é um dos motivos que tenho estado distante do blog, muitas coisas a serem feita em tão pouco tempo. Perdão!

Vou deixar 2 receitinhas de drinques, para quem quiser comemorar conosco ou simplesmente desfrutar da primavera tomando um drinque com as amigas ou alguém especial.


MOJITOS!!!! A SENSAÇÃO DO VERÃO


1 dose de rum branco

1 espremida de um limão

1 colher (chá) de açúcar

2 gomos de limão

Club soda

4 folhas de hortelã

1 ramo de hortelã para decorar

Dica: O açúcar e club soda podem ser substituído para quem gosta por Sprite.

Modo de fazer:
Em um copo alto pressione levemente as folhas de hortelã e o açúcar com o amassador. Encha o copo com gelo quebrado e os gomos do limão. Adicione o suco de limão. Acrescente o rum , mexa e complete com club soda. Decore com hortelã. Sirva com um canudo.

Black Velvet


Essa outra receita eu adoro.
Podem apostar que é muito boa, eu garanto. Foi um dos drinques mais conhecidos dos anos 60. Leve e refrescante.
1 parte de cerveja preta, mas não as doces. Galada.

1 parte de champagne ou espumante brut bem gelada.

Combine a cerveja e o champangne ou espumante em uma flûte previamente gelada. Sirva imediatamente.

E depois me conte.


segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Abobrinhas

O que foi esses dias?? Maravilhosos! Adorei! Tomei banho de sol, caminhei na orla do Guaíba. E quando voltei para casa o que comer? Até eu que sou comilona perdi um pouco do meu conhecido apetite. Então me lembrei de uma receita de Massimo Ferrari, que é perfeitas para dias quentes.

Corte a Abobrinha em sentido longitudinal, em fatias final. Quem tiver aquele aparelhinho que vende na TV, vai ser super fácil. Esquente uma frigideira anti-aderente e passe um fio de azeite, retire o excesso com um papel toalha e grelhe-as até ficarem com as bordinhas meio torradinhas. Distribua em um prato. Por cima coloque azeitonas pretas, alcaparras escorridas, manjericão, salsinha verde bem pequenininhos. Depois tempere com azeite de oliva e vinagre balsâmico.

Fica super bom com um corte de carne ou um peito de frango. Vinho branco, Champagne...

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Pouca comida e muito calor!

Hoje me dei conta que já estamos no fim do mês do cachorro loco, AGOSTO, e que em menos de uma semana Setembro esta ai. Setembro trás com ele a PRIMAVERA. Mês das flores, das tarde de sol. Graças a Deus o inverno esta pra acabar. Comidinhas leves, exercício, tomar banho de sol!! Tudo isso pra mim é primavera.

Como todas as mulheres nessa época tento novas dietas que NUNCA vão a frente, pelo motivo que eu já contei, sou uma gulosa e adoro comer bem, por esse motivo me tornei cozinheira. Ainda bem que o calor me deixa com vontade de comer comidas menos calóricas. o que já ajuda muito.

Uma fatia de quiche e uma salada. Salada, salada e mais saladas ... sopas mais leves, peixes com molhos refrescantes hummm ... Viva o calor!!!

Salada de Endivias com Nozes e Queijo Roquefort
Para o molho

  • 3 col (sopa)de suco de limão
  • 1/4 de col (chá) de sal
  • 1/4 de xícara de azeite de oliva de boa qualidade.
  • 2 col ( sopa) de creme de leite.
Salada
  • 250g de endivias.
  • 60 g de nozes picadas
  • 60g de queijo roquefort
Modo de fazer
Misturar todos os ingredientes no molho, batendo levemente para emulsionar. Reserve.
Higienizar as folhas das endivias.
Em uma saladeira colocar s folhas as nozes picadas mas não muito e esmigalhar o queijo com as mãos. Misturar o molho na hora de servir.

Quiche sem massa
Ingredientes:

  • Manteiga para untar a forma
  • 500g de cebola
  • 3 col (sopa) de manteiga sem sal
  • 1 col de tomilho fresco
  • Sal e Pimenta a gosto
  • Noz moscada
  • 4 ovos grandes
  • 60 ml de leite integral
  • 3 col (sopa) de creme de leite
Modo de fazer:
Pré-aqueça o forno a 220C
Unte uma forma de 27 cm
Parta as cebolas ao meio, no sentido do comprimento. E corte em fatias bem finas. Em uma frigideira grande e fria, misture a cebola, a manteiga, o tomilho, o sal , pimenta e noz moscada. Leve ao fogo moderado com a frigideira tampada, até as cebolas ficarem macias +ou - 8 min. Não devem ficar caramelizadas nem douradas. Verifique o tempero e reserve.Abra os ovos, ponha e, uma tigela de tamanho médio e bata. Junte o leite e o creme de leite. Bata novamente. Reserve.Ponha as cebolas em uma forma alisando a superfície com as costa de uma colher. Regue-as com a mistura de ovos. Tempere com mais sal, pimenta e noz moscada.
Leve ao forno e asse até estar bem dourada a superfície.Para saber se seta assado, enfie uma faca no meio da quiche, se sair limpa esta pronta. Não deixe assar menos ou a quiche ficará mole, sem estar firme. Tempo de forno, mais ou menos 30 min.
Espere descansar por 5 min. Sirva com vinho branco.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Para Confortar a Alma!



 
Ao contrario da maioria das mulheres que comem doces quando estão tristes, eu como massa. Um grande e belo prato de macarrão. O molho pode variar. Pode ser um tradicional Aglio E Olio, ou só com tomates e manjericão fresco. O que importa mesmo é que seja massa, e de preferência Spaguetti.
Sou chata para comer, muito chata diria, culpa todinha da minha mãe, que é uma excelente chef de cozinha. Então nada de molhos pesados, prefiro molho vermelho ao molho branco. Nunca a massa nadando no molho, tem que ter um simetria entre eles.
O macarrão me conforta tanto talvez por que me lembra a casa do meu avô. Que nas minhas lembranças mais remotas, vejo ele abrindo a massa com um cilindro de manha bem cedo. Ele naquela época já ficava impressionado com a quantidade de massa que eu comia, deixava de comer o galeto para ter mais espaço. Quem me conhece sabe que sou comilona. Nada de novidade até aqui.
A receita de hoje na verdade são duas, PASTAS ALLA CARBONARA E ALLA CALIFÓRNIA.

 
Carbonara
Ingredientes

  •  500g de massa SPAGUETTI grano duro
  • 30g de manteiga
  • 2 col (sopa)de azeite de oliva
  • 125g de bacon cortadas em fatias grossas
  • 6 col (sopa) de vinho branco seco
  • 4 gemas
  • 4 col(sopa) de queijo ralado de preferência parmesão ou pecorino (melhor ainda os dois)
  • sal e pimenta moída na hora.
  • 1 col (sopa) de salsa bem picada
Modo de fazer
Ponha em uma panela grande 4 litros de água e deixe ferver.
Coloque a manteiga e o azeite em uma panela pequena sobre o fogo médio. Quando a manteiga tiver derretido, adicione o bacon cozinhe até estar bem dourado mas não quebradiço. Junte o vinho branco e continue cozinhando até que tenha reduzido á metade. Retire do fogo e reserve.
Quando a água estiver fervendo e o molho estiver fora do fogo, adicione uma colher de sal e ponha a massa na água.
Em uma tigela grande o bastante para caber toda a massa, bata ligeiramente as gemas com o queijo, salsa uma pitada de sal e um pouco de pimenta moída na hora. (Para quem gosta pode colocar um pouquinho de Noz Moscada, mas bem pouquinho mesmo). Quando a massa estiver al dente, volte a panela com o Bacon para o fogo, então escorra a massa e adicione-a à tigela com a mistura contendo as gemas. Mexa até a massa estar bem coberta com a mistura de gemas. Adicione o bacon e sirva em seguida bem quente.

 
Califórnia
Ingredientes
  • 500g de fettuccine
  • 1 xicara de salsa
  • raspas de 1 limão siciliano
  • raspas de 1 limão tahiti
  • raspas de uma laranja
  • 1 Punhado de queijo parmesão
  • 1 dente de alho
  • 1/2 xícara de amêndoas ou nozes
  • azeite de oliva quanto baste
  • 2 alhos porós
  • 6 corações de alcachofras
  • 1/2 cálice de vinho branco seco.
Modo de Fazer
Em um processador de alimentos bater a salsa, as raspas dos limões e da laranja, queijo, alho, as amêndoas e o azeite. Até obter um molho. Reservar. Este é um pesto cítrico.
Cortar em rodelas o alho poró e refogar em uma panela com um fio de azeite e seguida colocar as alcachofras e o vinho e deixar até que elas estejam macias.
Em uma panela grande colocar 4 litros de agua e deixar ferver. Quando estiver borbulhando a agua adicionar a massa até que fique al dente.
Escorrer a massa a misturar como pesto cítrico. Depois de bem agregado pesto adicionar a alho poró com as alcachofras.

 
Bom apetite!!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Mi Buenos Aires Querido!!







Essa época do no ano parece que alguma coisa me chama a Buenos Aires. Adoro essa cidade, namoro ela a muito tempo.
Buenos Aires te convida para os melhores prazeres, diria que é quase uma cidade afrodisiaca. Pena que com essa gripe do porco pairando por ai, não poderei ir.
Essa cidade tem tudo! Tem Francis Mallmann, grande Chefe de cozinha, tem medialunas com ramon y queso, maravilhosos cafés para passar a tarde preguiçosas tomando vinho sem culpa, (alias os portenhos nem conhecem essa palavra), bares incríveis para de noite tomar uma cerveja, Football, tango a dança mais sensual do mundo e mais um milhão de outras maravilhas.

Para os que assim como eu são loucos por Buenos Aires, mas estão com medo de ir, passem na Merco Pan, ali na Ijui, 641. A padaria é uruguaia mas lembra muito as medialunas de lá.

A receita de hoje é um dos pratos favoritas do Cantor Carlos Gardel, o Gênio do Tango!
Puchero Criollo

  • 1/2Kg de charque
  • 1/2 Kg de linguiça em rodelas
  • 250g de Bacon
  • 1Kg de ossobuco de cordeiro (com osso)
  • 1Kg de músculo
  • 1 galinha cortada nas juntas
  • 2 xícaras de feijões branco deixado de molho durante a noite
  • 1 cebola grande, espetada com 2 cravos e duas folhas de louro
  • 4 batatas grandes
  • 4 batatas-doces
  • 4 cenouras em rodelas
  • 2 alhos porós
  • 4 mandioquinhas
  • 1 repolho
  • 1/2 abóbora em cubos
  • Salsinha picada a gosto
  • Pimenta e sal a gosto.

  • Modo de fazer:
Coloque charque de molho por cerca de 24 horas, trocando a agua seguidamente.
Corte todas as carnes e legumes em pedaços grandes.
Depois de dessalgado, cozinhe o charque em uma panela, com a linguiça e o Bacon. Após o cozimento jogue fora a agua fora e reserve as carnes.
Cozinhe as demais carnes - ossobuco, músculo e galinha- com a cebola e o louro em bastante agua. Tempere com sal e pimenta.
Depois de cozidas as carnes reserve. Aproveite o caldo para cozinhar o feijão, colocando mais agua se necessário.
Na metade do cozimento ou quase no final, junte os legumes verduras dor ordem de textura, cozinhando-os no caldo junto com o feijão.
Quando tudo estiver cozido coloque as carnes junto com o feijão e sirva bem quente. Finalize com salsinha.
Acompanha arroz.
Rendimento 8 a 10 porções.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Um brunch para o papai



No próximo domingo comemoramos o dia dos pais, quem sabe em vez de fazer o tradicional churrasco, faça um belo brunch para o seu pai?!
Nada de complicado e delicioso.
Se você não tem muito dotes culinários compre a maior parte.
Compre pelos pães, geleias, presunto cru, queijos, uma quiche. Sirva um vinho ou um espumante. Faça drinks, uma mimosa quem sabe?! Champangne com suco de laranja, vai super bem.
Para não ser tudo cara de super mercado, compre cogumelos paris e recheie com queijo
Gorgonzola, ponha no forno até derreter. Queijo Camenbert com geleia de pimenta. Uma salada verde (alface, rúcula, agrião). E faça as tradicionais panquecas americanas, para servir com mel quente.

Ingredientes:
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de leite
  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) de fermento
  • 4 colheres (sopa) de açúcar
  • 4 colheres (sopa) de óleo
  • 8 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 xícara de mel
Modo de fazer:
Bata todo no liquidificador.
Em uma frigideira anti aderente quente ponha uma concha da massa, espere dourar de um lado e com a ajuda de um espátula vire.
Esquente o mel no micro-ondas, e sirva.
Essa receita faz mais ou menos 12 pankecas.

Comemore o dia no melhor estilo americano.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Elvis com Banana



O rei do rock não ficou gordinho por acaso. Comia descontrolada mente, chegou a pesar 115 quilos. Tinha um apetite! Em geral por porcarias, fast-food.


Comprou um Cadillac cor-de-rosa e passou a adorar algodão doce, comia pipoca com manteiga e pimenta do reino, cachorro-quente com muita mostarda e ketchup. Mas adorava mesmo era bananas, certo dia comeu meia dúzia de sundaes com calda quente e foi parar no hospital com a famosa "congestão".


Em Memphis até 2003 tinha um restaurante que o cardápio era só de comidinhas do Rei, infelizmente fechou. Porem deixou a receita da famosa torta de banana do rei.


Facinha de fazer e super gostosa.

Ingredientes

Massa

  • 125g de manteiga em temperatura ambiente
  • 1ovo
  • 1/2 xícara de chá de açúcar
  • 21 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
Recheio
  • 1/2 litro de leite
  • 2 colheres de sopa de maisena
  • 3 gemas
  • 6 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 6 ou mais bananas maduras e firmes
  • canela e açúcar cristal para polvilhar a torta do fim.
Preparo
Massa
Misture a manteiga, os ovos, o açúcar e o sal.
Junte a farinha de trigo peneirada e amasse com as mãos até obter uma massa homogênea.
Coloque a massa em uma forma redonda e com as mãos espalhe, até que toda a forma esteja forrada com uma fina camada de massa.
Recheio
Em uma panela, misture o leite com a maisena, o açúcar e as gemas. Leve ao fogo brando, mexendo sempre ate ferver e ganhar consistência. No Final do cozimento misture a essência de baunilha.
Montagem
Corte as bananas em tiras, no sentido do comprimento.
Sobre a massa coloque tiras de banana até que cubra toda a massa. Polvilhe com canela. Depois ponha o creme de baunilha e finalize com bananas, distribuídas harmoniosamente sobre o creme. Polvilhe o açúcar cristal com canela.
Leve ao forno preaquecido a 200 graus por cerca de 30 a 40 minutos.
Desenforme a torta fria.
Rendimento: 8 a 10 fatias
Se você for um apreciador de bananas como o rei, aproveite e se delicie.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

INVERNO E SOPA





Ontem escrevi que amo risoto, hoje pra não fugir da minha tradicional passionalidade, vou falar que Odeio o inverno! Ele deixa as pessoas sem cor sem forma, mal consigo sair da cama de manha sem resmungar muito. Mas como tudo tem lado bom, o inverno é sinônimo de sopas. Amo sopa, qualquer sopa. Nada melhor que caldinho quente pra aliviar o frio do corpo, se for a dois muito melhor.



Há anos eu tenho como livro de cabeceira Afrodite da Isabel Allende. Acredito, como ela, que o afrodisíaco esta na cabeça de cada um, e não em uma receita cheia de ingredientes estranhos como olho de cabra ou qualquer coisa do gênero.


E é dela uma receita de sopa que eu uso sempre, assim como o nome diz: SOPA DA RECONCILIAÇÃO.



  • 2 xícaras de caldo de frango

  • 1 xícara de champignons frescos

  • ½ xícara de cogumelos porto belo ou ¼ de secos

  • ½ xícara de cogumelos portini ou ¼ de seco

  • 1 dente de alho

  • 3 colheres de azeite de oliva com trufas

  • ¼ xícara de vinho do porto

  • 2 colheres de creme de leite

  • Sal e pimenta

Frite os cogumelos, champignons e o alho em azeite de oliva por alguns minutos. Acrescente o caldo, o vinho do Porto e metade do azeite trufado, tempere com sal e pimenta. Deixe cozinhar tampado até os cogumelos ficarem macios. Deixe esfriar um pouco e bata no liquidificador, a sopa fica espessa.

Pra servir esquente bem e sirva com o resto do azeite frufado e o creme de leite.


E como Isabel Allende ensina ponha um belo vestido, pinte as unhas de vermelho e esquente o seu inverno da melhor forma.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Risoto

Eu amo risotos.
Quem vem a minha casa já sabe o que vai comer.

 Risoto é bom, bonito e barato. Não sei qual o mistério que foi criado em torno dele, mas sei que as pessoas têm medo de fazer. Bobagem !!! Risoto é como massa raramente não da certo.
Faço risoto de tudo, esses dias fiz um Corn Bacon, sei que qualquer italiano que se preze se remexeu agora, mas é pra mostrar que risoto pode ser feito de qualquer coisa, é só ter criatividade.

 O mais importante do Risoto na minha opinião é a base, o que vai dar gosto ao arroz, portanto a o caldo de galinha pra mim é o básico. Tenho litros no meu congelador. NUNCA uso o de tablete, por mais pratico que ele seja, nisso sou tradicional só uso o feito por mim.

 
Para o Caldo
  • 1 k de frango em pedaços ou 2 K de osso e carcaça
  • 3 L de água
  • 2 cebolas
  • 1 cenoura
  • louro
  • alho
  • pimenta
  • sal
Deixe ferver por um aproximadamente uma hora, coe. E use sempre !

Pode e deve congelar.

 
 Risoto de presunto de Parma e figos frescos - 5 porções

 400 gramas de arroz arbório
  • ½ cebola roxa picada
  • 200 ml de espumante
  • azeite de oliva
  • 1 litro e meio caldo
  • 300 gramas de presunto Parma em lascas
  • 3 un. de figos cortados em 6 partes
  • 150 gramas de parmesão ralado na hora
  • 150 gr de manteiga bem gelada 50 ml de azeite de oliva
  • Sal e Pimenta
Colocar na panela o azeite a cebola, frite até que fique transparente. Acrescentar o arroz e fritar com a cebola colocar o espumante mexer até evaporar o álcool. Acrescentar mais ou menos 6 conchas aos poucos mexendo sempre, para que o arroz solte o amido e de a cremosidade ao prato Quando o arroz estiver al dente colocar o presunto de Parma. Desligar, Acrescentar o queijo ralado na hora a manteiga gelada em cubos. Mexer bem. Tampar por 3 min.

 
Servir com os figos por cima, com um bom fio de azeite em cada prato.
Com um bom espumante pra resaltar o sabor do figo, fica ótimo!!!