quarta-feira, 30 de junho de 2010

Risotos

Risoto não passa de uma sopa seca. Foi assim que começou o risoto, uma sopa para alimentar os agricultores.  Não tem nada de mais, não me canso de falar isso.  O risoto não tem segredo nenhum. Mentira tem sim, bons ingredientes. Um bom arroz, um bom caldo … enfim boas matérias primas. E é só. O tempo de cozimento dele pode variar, dizem que em 18 minutos se faz um risoto. A quantidade  e a marca do arroz, se o caldo não esta tão quente o tempo aumenta. Em geral de 18 a 35 minutos você tem um risoto. Não fique preso ao tempo, vá provando quando estiver bem al dente, comece a finalizá-lo.
Vou deixar 4 dicas para dar certo.


  1. Uma panela grande e rasa, para evaporar melhor os líquido.
  2. Usar um bom caldo, porque ele é a base do risoto ele que vai dar o sabor ao arroz. E usá-lo bem quente para não cortar o cozimento do grão. (A Knorr lançou caldos em potinhos, eu experimentei e acho que vale a pena é um excelente quebra galho)
  3. Manteiga bem gelada para finalização para dar brilho ao risoto

  4. E ir provando o arroz enquanto é feito, só assim você sabe quando ele esta no ponto.

Depois me contem como ficou.
Risoto de Funghi


  • 400g de arroz arbóreo
  • 2 litros de caldo de legumes.
  • 1/2 cebola roxa picada
  • 150g de funghi seco
  • 1 dente de alho bem picadinho.
  • 1/2 cálice de vinho do porto
  • 1 cálice de vinho banco seco.
  • 2 colheres de sopa de manteiga bem gelada
  • 2 punhados de queijo ralado parmesão
  • Sal pimenta a gosto, cuidado que os caldos prontos já vêm salgados.

Lavar os cogumelos para tirar a terra que sempre fica um pouco, colocá-los para hidratar com o vinho do porto e completar com água. Depois de hidratado escorrer. Na panela que será feito o risoto refogar o alho com azeite de oliva e os cogumelos. Reservar. Na mesma panela, refogue a cebola até suar, junte o arroz por 2 minutos e logo coloque o cálice de vinho. Quando secar o vinho coloque aos poucos o caldo quente mexendo sempre. 10 minutos depois do começo junte os cogumelos ao arroz. Continue  colocando caldo e mexendo. Quando o arroz estiver al dente. Desligue o fogo e acrescente a manteiga e o queijo. Prove de sal e pimenta.
Deixe a panela tampada por 3 minutos e sirva. Com azeite de oliva e mais queijo ralado.

terça-feira, 22 de junho de 2010

O Feijão Que Não da PUM!!

Dia desses estava eu conversando com uma amiga que me perguntou o que poderia colocar no feijão não fermentar tanto na barriga do seu companheiro. Respondi que a única erva que diminui os gases é a segurelha, mas que não adianta muito também.
Como fui criada em um meio predominantemente masculino, isto quer dizer que estou completamente acostumada aos seus sons e cheiros. Isso nem me perturba tanto, porem fui pesquisar e descobri com uma nutricionista um feijão originário do Japão, o feijão AZUKI.
Para aquelas que estão começando a ter a convivência com esses exemplares barulhentos e se incomodam com isso deixo essa dica. Ele além de não fermentar muito é rico em proteínas, fósforo, cálcio, ferro, potássio, zinco ... Ótimo pra hipertensão, diabetes, e tem propriedades diuréticas. Contudo não tem o mesmo sabor do nosso feijão preto. Mas é muito gostoso.
Pode e deve ser feito da mesma maneira do nosso tradicional feijão preto. Deixe de molho de um dia para o outro, escorra a água. Coloque na panela de pressão, cubra com água nova sem sal e uma folha de louro. Depois de pegar pressão mais 30 minutos em fogo médio e este pronto para ser temperado.
A receita que vou deixar é para o inverno que está ai.
Uma sopinha de feijão com legumes.

  • 300g de feijão azukiu
  • 1 pimenta dedo de dama sem semente
  • 3 batatas
  • 4 cenouras
  • 1 cebola roxa
  • 1lata de tomate pelado
  • 2 talos de aipo com as folhas
  • 1 alho poro, em rodelas e só a parte branca
  • 1 chuchu
  • 500g de lingüiça
  • Água quanto baste
  • Sal e pimenta
  • Queijo ralado
  • Azeite extra-virgem

Salsa, manjericão, manjerona, orégano, alecrim, picadinhos para a finalização.
Corte todos os legumes em cubos de mais ou menos 2cm. Pique as folhas do aipo e a pimenta bem pequenininha. Como se fosse um tempero.
Em uma panela, coloque um fio de azeite e refogue a cebola e a lingüiça. Acrescente todos os legumes, a pimenta e as folhas do aipo também. Cubra com água. Deixe cozinhando por 20 minutos em fogo baixo.
Em quanto isso cozinhe o feijão na panela de pressão.
Depois de cozido o feijão escorra e junte a sopa. Cozinhe por mais 30 minutos. Acrescente as ervas picadas. Acerte o tempero, sal e pimenta.
Sirva com queijo ralado e um fio de azeite de oliva.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Filé para os Namorados

Fiquei pensando o que mais poderia sugerir aos casais apaixonados, quem sabe uma sopa? Humm ... meio brochante, veio a imagem de dois velinhos comendo uma sopinha, deixamos as sopas para dias mais casuais. Então pensei porque não um filé.
Sem fazer propaganda nenhuma até porque não ganho nada de ninguém, mas no Zaffari vendem os filés em porções, limpos e facílimos de fazer, é só colocar na frigideira. Nós mulheres sempre temos nossas ressalvas em ir à cozinha para não estragar as unhas nem a escovas. Mas essa receita é garantida, nada de estragos. Esse prato pode ser feito em duas etapas. Finalizar na hora de comer.
Filé com Geléia de Cabernet Souvignon e Queijo Gorgonzola.
  • 2 Porções de file mignon, entre 150g e 200g cada.
  • 4 colheres generosas de geléia de Cabernet – pode ser outra geléia, ao gosto do freguês.
  • 1 calice de vinho tinto, de preferência o mesmo do geléia.
  • 2 fatias também generosas de gorgonzola.
  • Sal e pimenta a gosto
Batatas ou legumes cozidos para acompanhar.
Temperar os filés com sal e pimenta. Em uma frigideira quente e com um pouco de azeite de oliva colocar os files por 3 minutos de cada lado. Retirar os filés e colocar em uma forma. Na mesma frigideira colocar os vinho e a geléia deixar reduzir por 4 minutos, mexendo sempre. Reserve. Isso pode ser feito antes e deixar o files na geladeira. Aproveite para cozinhar as batatas ou legumes.
A noite retire os filés uns 10 minutos antes da geladeira. Coloque-os com o queijo por cima no forno pré-aquecido, bem quente. Deixe 5 minutos para filés ao ponto. Enquanto isso aqueça a redução e as batatas, acerte o sal e pimenta.
Em prato bem bonito coloque o molho e por cima o filé. Sirva com as batatas ou legumes.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Fondue De Nutella

 Como prometi essa semana vou postar receitinhas para o dia dos namorados. Hoje é uma receita de  sobremesa, porque não pode faltar um docinho pra dar mais energia aos amantes. E porque não fazer a mais tradicional sobremesa, um fondue? Mas esse é diferente é com nutellla, sabe o recheio do Ferreiro Rocher? Isso ai. O bom do fondue é que podemos usar a imaginação, só cuidado que vai estar quente.

FONDUE DE NUTELLA

  • 1 Pote grande de Nutella
  • 1 Caixinha de creme de leite
  • Leite condensado, a gosto. Eu  uso menos que meia lata.
  • Frutas

Em uma panela especial para fondue coloque o creme de leite e o Nutella, mexa bem e leve ao fogo baixo até estar quente e tudo misturados. Coloque aos poucos o leite condensado, para não ficar muito doce. Mas quem gosta de bem doce manda ver fica muito bom.
Você pode deixar pronto e só esquentar na hora de servir.
Coloque no réchaud, e boa noite!!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Camarões Apimentados Para o Dia dos Namorados

Estamos a nove dias do Dia dos Namorados, esse ano vai cair em um sábado. Sabe o que isso quer dizer? Restaurantes lotados, atendimento péssimo e o garçom querendo rodar a mesa. Então, porque não fazer uma jantinha em casa quem pode?!
Como já falei aqui uma vez acredito que o afrodisíaco esta na cabeça de cada um.  Mas tem coisas que ajudam a criar um clima. Como uma comida apimentada que esquenta e você tira a roupa, velas deixam uma luz mais bonita e disfarçam defeitos. Comidas leves, poções reduzidas,  ninguém quer ficar atulhado, quebrando o clima tendo que tomar um sal de fruta. Um docinho sempre vem bem para o depois.  A bebida, bom como a maioria das mulheres são fracas para bebida, quem sabe um bom champagne Brut? Champagne sempre foi à bebida preferida dos amantes. Dizer que as borbulhas, perlage, são altamente afrodisíacas.
 A receita de hoje é

Camarões Grelhados com Manteiga, Limão e Pimentas

  • 500g camarões grandes +ou - 20 camarões
  • 30g de manteiga sem sal derretida
  • 2 col. Sopa de azeite extra virgem
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 pimenta malagueta sem semente
  • 1 pimenta jalapeña ou outra pimenta verde sem semente
  • ½ col. Chá de sal
  • ½ col. Chá de pimenta
  • Suco de um limão grande
  • 3 col. Sopa de salsinha picada
  • 2 limões cortados ao meio.
 Modo de Fazer:
2 dias antes você pode misturar a manteiga com as pimentas, guardá-las em geladeira e derretê-las antes do preparo no microondas. E deixar os camarões limpos na véspera.

Com uma faca afiada limpe os camarões por trás, o lado externo da curva. Cuidado não corte tudo, mas uma parte para abri-los. Lave em água corrente e seque com papel toalha.
Aqueça o forno em temperatura media. Distribua os camarões em uma assadeira rasa e coloque a manteiga derretida com as pimentas e o azeite por cima. Espalhe o alho e o sal.
Asse por 1 ou 2 minutos até os camarões estarem rosados.
Salpique o suco de limão, as raspas do limão e a salsa fresca. Sirva com as fatias de limão.